terça-feira, 29 de janeiro de 2013

5 lições de Marcos 1


"Aqui começa a maravilhosa história de Jesus, o Messias, o Filho de Deus."

Isaías, um profeta, havia dito que Deus anunciou que enviaria um Filho à terra, mas, primeiro viria um mensageiro para preparar a terra até a chegada do Filho. João Batista era esse mensageiro. Ele morava no deserto e ensinava que todos deviam ser batizados. Várias pessoas iam até ele para serem batizadas. Gente de Jerusalém e de toda a Judéia. João dizia que não era digno de ser escravo do Homem que viria. João batizava as pessoas apenas com a água do Rio Jordão, mas Jesus batizaria com o Espírito Santo, algo muito mais profundo.

Quando Jesus apareceu, vindo de Nazaré, também foi batizado por João Batista para servir-nos de exemplo, pois Jesus, como não tinha pecado, não precisava ser batizado, pois o batismo é o símbolo de uma vida de pecado que foi deixada para traz e uma nova que nasce com Jesus. Logo depois que foi batizado, o Espírito Santo, em forma de pomba disse: "você é meu filho amado, você é minha alegria". Ali, todos puderam ver quem era o Homem do qual João falava.

Depois que João foi preso por Herodes, que era o rei, Jesus foi começar seu ministério na Galiléia. Ele tinha pressa, sabia que tinha pouco tempo até sua morte. Chamou 12 discípulos para andarem e pregarem com Ele as boas novas.

Quando foram à Cafarnaum, entraram numa sinagoga. Lemos que Jesus pregava com autoridade. Isso mostra que Ele era realmente o filho de Deus e que o que falava era real, verdadeiro, não havia enrolação. Essa é a primeira lição que tiramos deste texto. Para falar do evangelho é necessário autoridade, porque assim, as pessoas ouvem e prestam atenção; se sentirão atraídas, pois a pessoa que está pregando sabe exatamente do que está falando. Do contrário, quando falamos ou ouvimos alguém que não sabe o assunto a fundo, reconhecemos a superficialidade, a falta de aplicabilidade. Assim, as pessoas acabam perdendo o interesse.

Na sinagoga entre todos os que ouviam atentamente Jesus, havia um homem possesso de um demônio, que começou a falar com Jesus. Jesus o repreendeu e imediatamente o demônio deixou o corpo daquele homem. Era sábado. Na lei de Moisés, o sábado era um dia para ser guardado, era dia de descanso. Entretanto, Jesus curou, assim como curou, em outros sábados, pessoas que tinham necessidades. Jesus sabia que aquilo era o certo a se fazer. Jesus não deixava a lei acima do amor.

"É correto praticar o bem nos dias de sábado? Ou será hoje um dia para se fazer o mal? É um dia para se salvar vidas ou para destruir vidas?"
Marcos 3:4

Esse é a segunda lição que tiramos. Quando virmos alguém com necessidade, não podemos ignorar. As pessoas precisam conhecer e reconhecer o amor de Deus através de nós, que agora somos os anunciadores das boas novas de Deus.

Achei muito interessante quando li que todos ficaram espantados enquanto Jesus pregava e curava. Eles nunca tinham visto alguém com tanta autoridade que expulsasse até demônio do corpo das pessoas. Eles se perguntavam:
"Que espécie de religião nova é essa?"

Notamos que, para eles, essa mudança que Jesus propôs era literalmente uma mudança. Eram uma situação e uma realidade completamente nova para todos. As pessoas começavam a procurar Jesus para serem curadas de suas enfermidades, pois agora sabiam que havia alguém capaz de fazer isso por elas. A terceira lição que tiramos: Jesus nos cura. É só agirmos como aquelas pessoas, reconhecendo que Jesus tem esse poder e indo até Ele, com fé.

Jesus não fazia nada sem orar. Para tudo Ele falava com Deus. Era algo natural para ele, fazia com prazer. A quarta lição: podemos aprender a ter esse ritmo de oração. Orando sempre, sem cessar e com prazer.

"Orem continuamente." 1 Tessalonicenses 5:17

Jesus queria pregar para todos enquanto fosse possível porque foi para isso que Ele veio.

"Por isso Ele viajava por toda a província da Galiléia, pregando nas sinagogas e libertando muitos do poder dos demônios"

Numa dessas caminhadas, um leproso ajoelhou-se e disse que queria ser curado e acrescentou: se o Senhor quiser. Me lembrei de quando Jesus orou no jardim do Getsêmani se entregando nas mãos de Deus um pouco antes de sua morte: "mas que seja feita a tua vontade, não a minha".

A quinta lição é: além de orarmos incessantemente e com prazer, precisamos entregar tudo nas mãos de Deus. Não ligar para o que as pessoas dizem sobre Deus, precisamos confiar pois sabemos o quão poderoso Ele é.

"Porém Jesus não fez caso dos comentários deles e disse a Jairo: 'Não tenha medo, apenas confie em mim." Marcos 5:36

Jesus curou o leproso e pode nos curar também. A cura de Jesus não é somente superficial, nos fazendo andar e ver novamente; curar uma dor de cabeça, doença de pele, câncer ou qualquer outra coisa. Mas, a cura que Deus nos oferece é espiritual, que nos traz uma vida, não uma vida de mentiras, em que somos movidos pelo mundo, mas uma vida de verdade, com Jesus, que é verdade.

"Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim." João 14:6


Lições que tiramos do texto:

·        pregar com autoridade.
·        o amor tem que estar acima da lei.
·        acreditar que Jesus nos cura.
·        orar como Jesus orava.
·        entregar tudo nas mãos de Deus.


Stéphanie Elise

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Conversa com Deus.


Sei que Tu és soberano,
Me conhece desde o ventre materno.
Porque, às vezes, tenho tanta dificuldade
Em deixar minha vida completamente nas Tuas mãos? 

O Senhor sabe o que digo.
O Senhor conhece os meus pensamentos.
Assim como o daqueles salmistas,
Que contigo desfrutaram vários momentos.

Senhor, me ensina a confiar mais em Ti.
Minha vida sem a Tua direção não tem sentido.
É como um navio no mar agitado.
Levado pelas ondas sem destino.

Aprender a confiar em Deus mais e mais.
É o que desejo para a minha vida.
Estar contigo é algo tão maravilhoso.
Quero viver assim todos os dias.

Quero seguir no caminho de Deus: Jesus.
Quero ser luz num mundo em que o mal está presente.
Quero ter um sentido na vida.
E viver contigo eternamente.

Minha filha, entendo o que diz.
É difícil confiar em um Deus que não se vê.
Fique tranquila, apenas me dê seu coração.
Estou contigo todos os dias, te mostrando a direção.

Minha filha, pense no que eu fiz.
Meu sacrifício na cruz foi um presente.
Quero, também, viver contigo.
Eternamente.

Não se afaste de mim.
Você é uma filha querida.
Tão singular para mim.
Te amo. 


domingo, 6 de janeiro de 2013

A sabedoria está aí (Provérbios 1 e 2)


            Os provérbios nos ensinam a viver uma vida sábia. A sabedoria leva ao temor do Senhor. Temor, neste caso, é obediência, reverência, não medo. Deus é o princípio da sabedoria.
Os versículos 4 e 5 do capítulo 1 mostram que os provérbios são tanto para jovens quanto para os mais experientes. A bíblia é o manual da vida. Nela há tudo o que precisamos para viver uma vida sábia ao lado de Deus.

Onde podemos usar a sabedoria na prática?
• Honrar o pai e a mãe é usar a sabedoria. Eles são autoridades que Deus colocou em nossas vidas. Êxodo 20:12.
• Não ceder aos prazeres deste mundo. “Amigo, se as más companhias são uma tentação, caia fora enquanto há tempo”. Esse versículo resume bem a sabedoria que temos que ter em relação aos prazeres deste mundo. Se as pessoas nos chamam para fazer algo que não agrada a Deus, temos que ser fortes e dizer não, mesmo que aquilo seja uma tentação. Isso é ter sabedoria. Temos que ter em mente que Deus é que sabe o melhor para nós. “Porque a loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria humana, e a fraqueza de Deus é mais forte que a força do homem.” 1 Coríntios 1:25. Os que não conhecem a Deus, acham que o que fazemos e pregamos é loucura (1 Co 1:18).
            • Buscar a sabedoria como se busca ouro puro. Buscar fervorosamente, até encontrar. A bíblia diz que quando encontramos a sabedoria entendemos como louvar a Deus. Deus dá sabedoria de graça. Somente temos que pedir.
            • Não mentir, não fofocar, não fazer mal às pessoas. Êxodo 20:16.
            • Amar o próximo como a si mesmo e ao seu inimigo. Levítico 19:18.

            A sabedoria está em todo o lugar, desde a bíblia, até as pessoas que tentam nos ensinar algo. Mas, como diz nos versículos 20 a 24, muitas vezes a ignoramos. Temos que buscar ser sábios enquanto há tempo. Quando estamos bem, não procuramos essa sabedoria que vem de Deus. Mas, nos tempos difíceis, procuramos. Deus não quer que seja assim. Deus não quer que o motivo para o procurarmos seja apenas o sofrimento, a dificuldade ou o desespero, mas também nos momentos bons, nos quais achamos que não precisamos Dele.
            Tudo o que fazemos tem consequências. É isso que o finalzinho do capítulo 1 diz. Quando desprezamos a Deus, sofremos os resultados. Mas, se dermos atenção à Deus, estaremos em boas mãos.

            A sabedoria, o conhecimento, o bom senso e o discernimento nos ajudam a tomar as decisões certas e nos trazem ao caminho certo. Se Deus é o princípio da sabedoria, é Ele quem nos conduz ao caminho, que é Jesus.
            Nos últimos versículos do capítulo 2, 16 ao 22, podemos ler que a sabedoria nos livra de coisas ruins. O que a bíblia cita é a sedução. No mundo, há muita gente que peca nesse ponto. A tentação em pecar é forte, mas nós podemos ser mais, pois Deus diz que não há tentação que não possamos suportar.  (1 Co 10:13). E Deus sempre nos dá uma saída. Por isso, a decisão é nossa, de pecar ou não. É difícil, cada um é tentado no seu ponto mais fraco, mas Deus é mais forte do que qualquer mal, do que qualquer coisa que nos faça cair. Então, quanto mais perto de Deus estivermos, mais sabedoria teremos, mais fortes seremos, menos pecados cometeremos. E se pecarmos, pediremos perdão. Deus é fiel e justo para nos perdoar e nos purificar.

            A sabedoria está aí. Deus está aí. “Eis que estou à porta e bato.” Ap 3:20
Quem quiser abrir a porta, Deus vai entrar. A sabedoria de Deus vai entrar. Só depende de nós.

Que Deus nos abençoe.
Stéphanie Elise.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Ano Novo


 “Ano novo, vida nova”
Sempre que um novo ano começa ouvimos esta frase. É importante ter o espírito de renovação. É bom quando pensamos que o próximo ano trará coisas boas, que faremos tal coisa, que alcançaremos metas. Entretanto, a nossa vida passa rápido (Sl 90:10) e não podemos sempre pensar em fazer, mudar, melhorar algo somente quando um novo ano começa. Todo dia é dia de mudar. Todos os dias Deus nos dá a oportunidade de sermos pessoas melhores, de sermos mais felizes, mais amorosos, mais atenciosos, mais persistentes, mais gentis, mais amigos, mais pacientes...

Mas, o ano começou. Temos a oportunidade de melhorar a partir de hoje.

Portanto, faça metas. As metas nos ajudam a cumprir um programa. Sem metas, fica difícil atingir algo que queremos. Precisamos delas para nos fazer querer alcançar os objetivos.

Seja organizado. A organização é uma bela companheira. Tudo fica mais fácil quando sabemos exatamente como realizar as nossas tarefas, os nossos compromissos, os nossos objetivos.

Seja mais atencioso e amoroso. Deus nos ensina a amar. Só podemos amar porque Ele nos amou primeiro. (1 Jo 4:19). Deus é o amor. Quando amamos, estamos falando de Deus e agindo como Ele quer. Estamos cumprindo o mandamento: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” Mc 16:15.

Há muitas metas que podemos colocar para as nossas vidas para esse ano. Cada um tem as suas vontades e desejos. Deus também tem os Dele para nós. A minha oração é que os nossos planos sejam os mesmos planos de Deus para nós. Que Deus possa fazer a vontade Dele nas nossas vidas.

Escolhi um versículo para guardar durante esse ano:
"Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá" Salmo 37:5

Gosto muito desse texto, pois fala sobre a confiança em Deus, algo que nos dias de hoje é bem difícil ter. Muitas vezes achamos que podemos viver sem Deus. É estranho dizer isso, mas podemos ver o reflexo disso quando não oramos, não lemos a bíblia, não falamos sobre Deus, não temos vontade de estar em comunhão, etc. Nos sentimos autossuficientes, mas nos momentos de dificuldade sentimos falta de "algo" que nos dê suporte. Esse algo é Jesus.
Escolha um versículo para você este ano. Guarde-o no coração. Deus falará através dele.

Que Deus nos abençoe.
Feliz 2013!