quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O que é a felicidade?

Veja o vídeo abaixo: 





O que é felicidade?

É estar com Deus. Ele é o caminho para a felicidade. Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.” João 14:6. 
Jesus é o único caminho para as nossas vidas.

O vídeo mostra várias propagandas que prometem trazer felicidade por meio de seus produtos. Nós podemos consumi-los, entretanto, a felicidade que buscamos não estará neles, ou pelo menos será muito passageira, uma felicidade momentânea. Quando, por exemplo, comemos ou bebemos algo saboroso, assistimos um filme ou compramos uma coisa muito desejada, desfrutamos de uma alegria, entretanto, ela passa e só volta quando repetimos. Dessa forma, o mundo oferece um prazer que não se encerra nele mesmo e que precisa, portanto, ser repetido diversas vezes para que o resultado seja constante. Dessa forma, vemos muitas pessoas que se tornam obsessivas por compras, bebidas, comidas, drogas, exercícios físicos, e tantas outras coisas que prendem o ser humano a um cotidiano desastroso e incompleto. 

Estamos no período do natal, quando Jesus nasceu para cumprir sua missão de nos salvar. No natal as pessoas compram, fazem festas, comemoram, sempre buscando seu bem estar, sua felicidade, mas isso passa. O real sentido do natal é Jesus, é o que Ele nos concedeu: o Seu amor. Se Jesus não tivesse nascido, nós não teríamos a salvação. 

Jesus é a felicidade eterna, plena, não é passageira como as coisas terrenas. Jesus preenche um vazio que tem no nosso coração e que nos esforçamos muito para preencher. É esse vazio que nos motiva a procurar a felicidade em coisas que vão passar: produtos, pessoas, exercícios físicos... Mas, quando conhecemos Jesus, esse vazio é preenchido por Ele, pois o amor de Deus é tão grande que nos completa a ponto de não nos faltar nada, pois Jesus nos dá sempre o que precisamos, Ele passa a ser a nossa felicidade, só de estar com Ele nos sentimos felizes.

Jesus quer o melhor para nós. Precisamos estar dispostos a aceitá-lo em nossos corações. Em apocalipse 3:20 está escrito que Jesus está à porta do nosso coração e bate, mas Ele só vai entrar se a gente permitir, se a gente abrir a porta. Ele não entra sem a nossa vontade.
Ou seja, só vamos desfrutar do amor de Deus, da felicidade que Ele pode nos proporcionar se nós O aceitarmos como Senhor e Salvador, como nosso amigo.

Pense nisso: as coisas do mundo não preenchem completamente as nossas necessidades, somente Jesus tem essa capacidade. 
Estamos no natal, Jesus nasceu e morreu por você e agora está à porta do seu coração. Só basta você deixá-lo entrar.

Que Jesus te abençoe.
Stéphanie Elise. 

sábado, 12 de novembro de 2011

Precisamos confiar

Ø    Precisamos confiar

Confiar em Deus é um exercício de fé, de aprendizagem e de entrega: admitir a nossa total incompetência e dependência e renunciar, totalmente, ao controle.
Alguns versículos sobre confiança:

Sl 37.5 - Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá.

Sl 9.10 - Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas
               os que te buscam.

Sl 20.7 - Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do
               Senhor nosso Deus.

Sl 22.4-5 - Em ti os nossos antepassados puseram a sua confiança; confiaram, e os livraste.
                  Clamaram a ti, e foram libertos; em ti confiaram, e não se decepcionaram.

Sl 28.7 - O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, e dele
                recebo ajuda. Meu coração exulta de alegria, e com o meu cântico lhe darei graças.

Sl 62.8 - Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração,
                pois ele é o nosso refúgio.

Sl 71.5 - Pois tu és a minha esperança, ó Soberano Senhor, em ti está a minha confiança
               desde a juventude.

Sl 84.12 - Ó Senhor dos Exércitos, como é feliz aquele que em ti confia!

Sl 115.11 - Vocês que temem ao Senhor, confiem no Senhor! Ele é o seu socorro e o seu
                    escudo.

Sl 125.1 - Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se pode abalar, mas
                  permanece para sempre.

Sl 56.3 - Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti.

1Jo 5.14 - Se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouvirá. (Esta é
                   a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus).

Mt 7.8 - Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta
              será aberta. (
Esta é confiança de que precisamos).

"A confiança em Deus é fundamental no nosso relacionamento com Ele. O que Deus quer é poder cultivar esse relacionamento com cada um e quer nossa confiança. Que possamos confiar mais e plenamente em Jesus!" (Stéphanie Elise)

Pregação (parte) do Pr. Israel Belo de Azevedo 

Culto de 31/07/11 – Igreja Batista Itacuruçá

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

L I F E (Laços Infinitos de Fé e Esperança)

No princípio Deus criou os céus e a terra, as plantas, os animais e viu que tudo era bom. (Gênesis 1). Criou também o ser humano, que foi sua maior criação, a mais complexa. Deus criou Adão, e de Adão criou Eva. (Gn 1:27).
O Senhor estava muito feliz com Sua criação, pois foi feita à Sua imagem e semelhança. (Gn 1:26).
Havia sido criado um laço entre o ser humano e Deus, um laço eterno de amor.
Entretanto, Eva pecou e Adão, consequentemente, também. (Gn 3:6). O pecado separou o homem de Deus. (Is 59:2). Uma pequena escolha, de comer do fruto da árvore que Deus tinha proibido mudou a história da humanidade. Os laços infinitos estavam agora, de certa forma rompidos, pois a partir desse momento, a eternidade poderia ser com ou sem Jesus.
Deus nos ama tanto que entregou Seu único Filho para morrer em nosso lugar.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu Filho unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16).

Jesus Cristo foi o Cordeiro que pegou todos os pecados, de todas as pessoas de todo o mundo. Ele levou sobre Si as nossas dores e por Suas pisaduras fomos sarados, fomos salvos. (Is 53:4-5).
Por causa do grande amor de Deus, fomos lavados de todos os nossos pecados e o véu que separava já não separa mais (Marcos 15:38); temos livre acesso à Deus.
Crer e aceitar a Jesus são passos muito importantes na vida cristã, pois quando cremos em Jesus, mostramos para Ele que acreditamos no que Ele fez por nós e que Sua morte valeu à pena.

“A fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos” (Hb 11:1 / 11:6).

Portanto, a fé é fundamental se quisermos ter um relacionamento com Jesus.
Sabemos que Ele voltará, isso é uma promessa de Deus: Jesus nasceu (João 1:14), veio ao mundo como um ser humano, morreu (João 19:30), ressuscitou (João 20:9), ascendeu aos céus (Atos 1:9), mas um dia vai voltar (2Pedro 3:13) para nos buscar e nos levar para uma eternidade ao lado Dele.
Diante desse Deus maravilhoso, precisamos ter esperança, pois todas as Suas promessas vão se cumprir, pois Deus é um Deus de alianças, de promessas, de verdades e não de mentiras. Deus é um Deus de amor (1João 4:8). A nossa vida é um presente dado por Deus. Desde a criação até os dias atuais, Deus é o mesmo, Ele não muda (Hb 13:8 / Malaquias 3:6).
Os laços que Ele criou conosco lá nos tempos da criação, que depois foram renovados com a morte e ressurreição de Jesus, mostra que Ele quer estar próximo de nós porque nos ama incondicionalmente. Por isso, a fé e a esperança são uma forma de mostrar para Deus que nós aceitamos a morte de Jesus e que acreditamos que Ele é o nosso conselheiro, nosso ajudador, nosso protetor, nosso melhor amigo e que queremos viver para sempre com Ele, queremos que os nossos laços infinitos de fé e esperança sejam realmente para sempre.

Deus te abençoe.
Stéphanie Elise. 

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

# 6 - Salmo 119 (Lições para nossa vida)

Áin (121 – 128)
O salmista se reconhece como sendo um servo de Deus e que precisa Dele para viver. Ele quer a cada dia aprender mais de Deus, para saber aplicar a vontade de Deus à vida dele. Ele fala que os mandamentos de Deus são mais valiosos do que o ouro puro.
“Por isso, em minha opinião, Tuas ordens são perfeitas e válidas em qualquer situação. Odeio o caminho da mentira”.  Vs. 128
Que nós também tenhamos essa consciência.

Pê (129 – 136)
O relacionamento do salmista com Deus está muito bom, pois ele sabe que a palavra de Deus é perfeita, maravilhosa, que dá discernimento e ilumina o seu caminho. Por isso, pede a Deus que nenhum pecado o domine, ou seja, ele não quer se afastar de Deus (pois o que nos afasta de Deus é o pecado).
“Chego a suspirar, tamanha é a vontade de entender e praticar os Teus mandamentos.”  Vs. 131
Que essa também seja a nossa vontade.

Tsade (137 – 144)
As ordens, os mandamentos de Deus são de inteira confiança. O salmista diz que a palavra, as promessas de Deus nunca falham, por isso ele as ama. A lei de Deus é verdadeira; qualquer que seja a situação que estejamos passando, a palavra de Deus vai nos trazer alegria, conforto, sabedoria e tudo o que precisamos.
“A Tua justiça é eterna, e a Tua lei é a verdade.”  Vs. 142
Que possamos confiar em Deus.

Cof (145 – 152)
O salmista tem esperança e confia nas promessas de Deus. Ora e medita na palavra Dele, pois sabe que todos os mandamentos são verdadeiros e de confiança. Ele sabe que a palavra de Deus permanecerá para sempre e que Ele pode renovar a sua vida a cada dia.
“Tu, porém, Senhor, estás perto e todos os Teus mandamentos são verdadeiros.”  Vs. 151
Que possamos crer nisso.

Rêsh (153 – 160)
O salmista está sofrendo, mas confia nas promessas de Deus e por isso pede a ajuda Dele, pois sabe que a misericórdia de Deus se renova a cada dia. Ele diz que a verdade é a essência da palavra de Deus, por isso tem plena confiança.
“Sê o meu protetor e salva-me; dá-me nova vida através das Tuas promessas.”  Vs. 154
Que possamos confiar mais em Deus.

Shin e Sin (161 – 168)
O salmista ama a palavra de Deus, por isso, louva a Deus todos os dias. Isso é forma de reconhecimento, gratidão, agradecimento pelo que Deus é para nós. Precisamos amar a Deus de todo o coração, pois Deus nos ama e conhece todos os nossos passos, toda a nossa vida.
“As Tuas promessas são a minha grande alegria; são melhores do que encontrar um tesouro.”  Vs. 162
Como o salmista fez, precisamos fazer também: reconhecer e agradecer a Deus.

Tau (169 – 176)
O salmista louva a Deus, pois Deus o ensina a Sua vontade e os Seus mandamentos, que são justos. O salmista escolheu a palavra de Deus como um padrão para a vida dele. Ele diz que enquanto viver vai adorar a Deus, pois não quer ficar perdido como uma ovelha, mas quer viver para sempre ao lado de Deus.
“Eu te bendirei enquanto viver, e em Teu nome levantarei as minhas mãos.” Salmos 63:4
Que possamos reconhecer a Deus como único e suficiente Salvador e Senhor de nossas vidas.

Que Jesus nos abençoe.
Stéphanie Elise. 

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

# 5 - Salmo 119 (Lições para nossa vida)


Mem (97-104)
O salmista diz que os mandamentos de Deus são o caminho dele, ou seja, a vida dele é movida pelos ensinamentos do Senhor. Ele ama tanto as leis de Deus que medita nela de dia e de noite. Por isso ele sabe das vontades de Deus.
As pessoas que estão ao seu redor e não conhecem a Deus vêem a diferença, pois a palavra de Deus orienta seus passos a cada dia.
De tanto meditar, estudar, conhecer os mandamentos do Senhor, todas as suas decisões são tomadas pensando se vai agradar a Deus ou não, pois ele quer obedecer e agradar a seu Senhor. Está tentando sempre não pecar, para ficar mais perto de Deus, pois o pecado nos afasta de Deus.
Ele gosta tanto da palavra de Deus que compara ao mel: é doce, boa, alimenta, é suave.
A nossa vida é um presente de Deus para nós, um presente muito precioso. Precisamos agradecer e reconhecer esse presente e viver uma vida feliz ao lado Dele, porque Ele nos ama mais do que ninguém e nós podemos retribuir esse amor.


Nun (105-112)
“Senhor, a Tua palavra é uma lâmpada que ilumina o meu caminho por onde eu ando. Ela me ajuda a não tropeçar.
Eu sei que já prometi ao Senhor que iria obedecer às Tuas decisões e sei também que fiz coisas erradas e agora, Deus, estou dominado pelo desespero. Mas, quero te pedir: renova a minha vida através da Tua palavra.  Eu sou grato pelas coisas que o Senhor me dá. Aceita a minha gratidão, pois estou sendo sincero de coração.
A minha vida está sempre em perigo, mas não me esqueço de praticar as Suas instruções e obedecer à Tua lei. Reconheço que as Tuas palavras são alegria para o meu coração. Por isso Senhor, obedecerei às Tuas ordens até o fim.”

O texto acima, retirado do salmo 119 é uma oração do salmista que pede a Deus que renove suas forças, pois ele estava desesperado por várias coisas que provavelmente aconteceram na vida dele (assim como nós). Ele orou pedindo que Deus o animasse e aceitasse a gratidão, pois ele reconheceu que Deus estava sempre no controle de sua vida em todas as situações. E prometeu a Deus que a palavra Dele seria o seu alvo até o fim, que ele iria tentar sempre fazer a vontade de Deus.
Que a nossa vida seja assim: baseada na bíblia, seguindo a vontade de Deus, sempre.


Sâmeq (113-120)
O salmista está falando com Deus que não gosta das pessoas que não querem obedecer de coração aos mandamentos do Senhor. Ele ama a lei de Deus e diz que Deus é o escudo que protege; o apoio; a força da vida dele; a esperança. Ou seja, o salmista fez a escolha da sua vida: ele decidiu seguir ao Senhor, de todo o seu coração. Toda escolha tem suas consequências. Na vida do salmista, a sua confiança e esperança estão firmadas em Deus, pois ele sabe que a palavra de Deus contém tudo o que é necessário para viver de acordo com as vontades do Senhor e também sabe que Deus é justo com todas as pessoas que amam a Sua palavra de todo o coração e com aquelas pessoas que não amam de todo o coração.
Precisamos reconhecer a grandeza do Senhor, saber que Ele é a nossa força, a nossa proteção, escudo e nossa esperança; saber que Ele é justo e que a Sua justiça é feita no tempo certo e propício.

Que Jesus nos abençoe.
Stéphanie Elise. 

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

# 4 - Salmo 119 (Lições para nossa vida)


Iode (v. 73-80)
O salmista sabe que Deus é o Criador de tudo o que existe (Gênesis 1) e por isso o criou também. Ele quer estar mais próximo do Senhor porque confia em Deus, por isso, sua vida reflete os princípios de Deus, que são bons, isso aproxima as pessoas do salmista, por ser um servo de Deus.
O salmista também reconhece que as coisas ruins que acontecem nas nossas vidas são para nos ajudar, pois as experiências que passamos vão nos trazer à memória os princípios bíblicos, da palavra de Deus, e vamos aprender com aquilo. Quando estamos passando por uma dificuldade, podemos seguir o exemplo do salmista, que confiou em Deus, pedindo a Ele que o consolasse, pois Deus é um Deus amoroso e dedicado, ou seja, Ele se preocupa muito conosco, quer sempre o nosso bem, por isso é amoroso e dedicado. O salmista diz que só com o amor de Deus sobre ele, só com a mão de Deus sobre ele é que ele poderá continuar vivendo, pois Deus o protegerá.
O maior prazer do salmista é obedecer a Deus.
Que a nossa vida também possa ter esse princípio, que é obedecer ao Senhor. 

Caf (v.81-88)
O salmista está querendo a justiça e a ajuda de Deus, pois os inimigos dele fizeram armadilhas para ele, o perseguiram com mentiras para o destruir, isso tudo porque o salmista obedece aos mandamentos de Deus, que são verdadeiros. O salmista diz que essas pessoas quase acabaram com a vida dele, mas ele continua firme, seguindo a Deus. Ele pergunta a Deus: “quando o Senhor vai castigar os meus inimigos e fazer justiça? Quando irás me ajudar e me animar um pouco?” O salmista sabe que a justiça de Deus é perfeita, por isso em nenhum momento menciona que ele mesmo fará justiça com as próprias mãos. Ele põe sua confiança em Deus e pede que Deus renove e preserve sua vida para que ele possa continuar vivendo de acordo com a vontade do Senhor.
Aprendemos com esse texto que, mesmo em meio a uma dificuldade, mesmo que as pessoas te acusem de algo que você não fez, mintam sobre você, te maltratarem, ou qualquer outra coisa que possa te prejudicar, somente ore e entregue o problema nas mãos de Deus, como o salmista fez. Não tente fazer justiça com suas próprias mãos, pois não vai resolver nada, podendo até piorar, mas, entregue a Deus, pois a justiça de Deus é sempre perfeita, porque Deus é perfeito e a justiça Dele é sempre feita na hora certa. Apenas entregue e confie Nele.

Lâmed (v.89-96)
O salmista engrandece a Deus, reconhece Sua soberania.
Ele diz que a palavra de Deus nunca some, mas permanece para sempre, assim como a fidelidade de Deus, que passa de geração em geração e a criação de Deus, que também existe até os dias atuais. No versículo 91 o salmista diz que todo o universo se mantém porque as leis de Deus são perfeitas e firmes, tudo funciona, tudo está a serviço de Deus.
A partir do versículo 92, o salmista revela todo o seu amor por Deus, dizendo que o sofrimento já o teria destruído se a lei de Deus não fosse o seu prazer; a palavra de Deus renova as forças dele a cada dia. Mesmo que as pessoas queiram o destruir, ele continua mantendo seus pensamentos na vontade de Deus. No último versículo ele reconhece que na terra nada é absolutamente perfeito, somente os mandamentos de Deus.
Precisamos, assim como o salmista, reconhecer mais a soberania de Deus, agradecer por Ele ser tão maravilhoso conosco, pois nós não merecemos tanto amor... 


sábado, 6 de agosto de 2011

# 3 - Salmo 119 (Lições para nossa vida)

Zain (49 – 56)
“As promessas de Deus me dão consolo e esperança; quando estou com problemas e dificuldades, a única coisa que me anima e consola é a Palavra de Deus, que me dá força para enfrentar as situações. Mesmo que as pessoas zombem de mim, não me desviarei nem abandonarei a Deus. Amo tanto o Senhor que fico irado por causa de pecadores que por vontade própria não obedecem a Ti. Transformei a Tua Palavra em canção para minha vida, ela me alegra, me dá ânimo e consolo. Senhor, sempre me lembro de Ti e em como obedecer-te. E a única prática da minha vida tem sido, cada vez mais, obedecer ao Senhor.”

Esse texto foi retirado do salmo 119, versículos 49 a 56, em que o salmista está falando com Deus. Que essa pequena confissão possa ser nossa também.

Hêt (57 – 64)
- O Senhor é a nossa maior riqueza (v. 57).
- Mesmo que nós não mereçamos, o Senhor é amoroso e carinhoso conosco, pois Deus é amor (1 João 4:8). (v. 58).
- Se pararmos para pensar nas nossas vidas, veremos que muitas vezes nós andamos por caminhos errados, mas queremos deixá-los e seguir pelos caminhos de Deus. (v. 59).
- Resistir ao pecado para andar sempre de acordo com a vontade de Deus, pois o pecado é o que nos afasta de Deus. (v. 60,61).
- Reconhecimento pela maravilhosa graça de Deus (v. 62).
- Vontade de aprender sobre Deus, sobre os mandamentos de Dele (v. 64).

Esses são os tópicos para refletirmos nas nossas vidas. Será que, como o salmista, nós dizemos tudo isso também?
Que esse possa ser um alvo a ser alcançado por todos nós: a cada dia querer aprender mais de Deus.

Tét (65 – 72)
O Senhor é fiel, pois cumpre o que está na Sua Palavra.
O salmista pede a Deus que o ajude a tomar decisões, a aplicar a sabedoria de Deus na vida dele, pois ele estava longe de Deus, andando pelos caminhos que não são de Deus e estava fazendo a sua própria vontade. Mas, quando recebeu um castigo de Deus, foi como se ele tivesse acordado, e percebeu que estava em outro caminho, mas, agora que descobriu a verdade, quer que Deus o ajude a encontrar o caminho certo. Mesmo que o mundo tente fazer com que ele volte para o caminho errado, ele sabe que os caminhos de Deus são o melhor para ele, onde ele vive feliz. Ele reconhece que o castigo que recebeu foi bom para ele, pois fez com que ele aprendesse a por em prática os mandamentos do Senhor. Agora, ele reconhece que Deus supre todas as necessidades do homem, pois para o salmista, Deus vale muito mais do que milhares de peças de ouro e prata, Deus vale muito mais do que as coisas materiais desse mundo.

Que nós possamos ter essa história como um exemplo de vida de alguém que estava sem Deus, andando em caminhos ruins, pecando, tendo felicidades momentâneas com as coisas do mundo, mas que após um sofrimento, descobriu que Deus é o único caminho para uma vida boa e feliz, em que nada mais terá o mesmo valor diante de Deus, pois Ele é o nosso amigo, nosso Pai, quem nos ama incondicionalmente e quer ficar ao nosso lado para sempre. 

Jesus nos abençoe.
Stéphanie Elise.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

# 2 - Salmo 119 (Lições para nossa vida)

Dálet (25 – 32)
O salmista está sofrendo, mas confia o tempo todo em Deus, pois sabe que Nele terá salvação e alívio. No versículo 26 ele diz: “eu te mostrei os meus problemas e Tu me ajudaste a vencer todos eles; agora, ensina-me a cumprir as Tuas ordens.” Podemos ter certeza de que podemos confiar em Deus, pois mesmo Deus já conhecendo o nosso coração, toda a nossa vida, quando contamos a Ele o que está no nosso coração, mostramos confiança e comunhão e Ele vai ouvir e responder sempre. Quando estamos tristes, Deus nos dá alegria; quando estamos fracos, Deus nos fortalece (2 Co 12:10).
Nos últimos três versículos, 30, 31 e 32, o salmista diz que escolheu andar pelo caminho da verdade, conforme a vontade de Deus e quer sempre que os seus caminhos sejam baseados nos mandamentos do Senhor.

Que a nossa vida seja assim: baseada na confiança em Deus, em Seus mandamentos, tendo plena convicção de que podemos contar o que está nos angustiando, nos fazendo sofrer, pois Deus nos ouve e responde sempre.

He (33 – 40)
O salmista quer conhecer as leis de Deus, quer saber cada vez mais, para guardar no coração e praticá-la. Ele quer do fundo do seu coração que a vontade de Deus esteja mais presente na vida dele do que as coisas desse mundo. Ou seja, ele quer andar nos caminhos de Deus e não quer desobedecer. Ele confia em Deus, sabe que Ele está acima dele e que é soberano.
Com esse texto aprendemos que Deus é maior do que tudo o que há nessa terra, como o pecado e os bens materiais (v. 36-37). Deus quer que sejamos mais próximos Dele.
Que a nossa atitude seja como a do salmista perante Deus.

Vav (41 – 48)
- Confiança na palavra de Deus (v. 41-42).
- Esperança em Deus (v. 43).
- Obediência às leis de Deus (v. 44).
- Esforço para cumprir as ordens de Deus, resultando numa vida alegre ao lado de Deus (v. 45).
- Não ter vergonha de falar de Deus para as pessoas (v. 46).
- Amar a Deus, aos Seus mandamentos, pois nos dá alegria (v. 47).
- Aplicar o que aprende na Palavra de Deus às nossas vidas (v. 48).

Podemos tomar todos esses tópicos como princípios para nossa vida, pois todos eles foram retirados da bíblia que é a nossa base de fé e prática, ou seja, tudo o que está na bíblia é válido para qualquer época.

Que Deus nos abençoe.
Stéphanie Elise. 

segunda-feira, 18 de julho de 2011

# 1 - Salmo 119 (Lições para nossa vida)

Álef (v.1-8)
Deus nos ordenou vários mandamentos que podemos encontrar ao longo de toda a bíblia. O salmista diz que é feliz quem anda nos caminhos do Senhor, que obedece aos Seus mandamentos, não praticando o mal e buscando o Senhor de todo o coração.

Bêt (v. 9-16)
Como pode um jovem se manter puro em sua conduta? Vivendo de acordo com a Palavra de Deus, ou seja, obedecendo aos mandamentos de Deus. Precisamos guardar a Palavra de Deus nos nossos corações, para que não pequemos contra Ele, para sabermos distinguir entre o certo e o errado. Por isso é importante decorar versículos, dedicar mais tempo para ler a bíblia, pois sempre teremos em mente qual é a vontade de Deus para nós.

Guímel (17-24)
Precisamos ser iguais ao salmista quando ele diz que quer que seus olhos sejam abertos para ver as maravilhas da lei do Senhor, pois ele tem desejo, prazer em aprender mais de Deus, saber cada vez mais sobre Jesus. O salmista é firme no Senhor, pois no versículo 23 ele diz que mesmo que alguém fique contra ele, continuará firme em Deus, pois Ele é o seu conselheiro. Jesus é o nosso maravilhoso conselheiro (2 Co 1:3-5). Precisamos ter esse desejo dentro dos nossos corações também.


Que Deus nos abençoe.
Stéphanie Elise.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Amizade

No dia 28 de maio de 2011 prestamos culto ao Senhor lá na Igreja Protestante Palavra de Deus, em Olaria e com certeza Deus usou a cada um de nós para a honra e glória Dele e agradecemos a Deus por todas as maravilhas que Ele faz nas nossas vidas e porque Ele nos surpreende sempre! Obrigada meu Deus!

Abaixo está o vídeo e a mensagem que preguei lá na igreja. Espero que Deus toque no seu coração assim como tocou no nosso!


“O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade” (Pv. 17:17)

Quem não tem amigos?
A amizade é tão importante nas nossas vidas que é até estranho pensar que alguém não tem amigos! Amigos no colégio, na faculdade, na academia, no curso, no futebol, no préna igreja, na família ou em qualquer outro lugar. A amizade é muito importante para nós, pois o ser humano necessita de companhia, é natural; e nada melhor do que passar um tempo com nossos amigos fazendo o que mais gostamos!

Temos que valorizar nossos amigos, pois Jesus coloca pessoas nas nossas vidas para nós abençoarmos e para sermos abençoados também. Algumas dessas pessoas podem passar por um breve tempo, muitas vezes despercebidos por nós. Mas, Jesus também coloca nas nossas vidas pessoas que irão ficar para sempre e que precisamos amar e cuidar.

Precisamos cultivar as nossas amizades, deixar as brigas, as discussões, as desconfianças, pois elas podem acabar com uma amizade (Pv 18:19). Uma amizade verdadeira tem amor, carinho, respeito, sinceridade (Pv 24:26).

E precisamos também, claro, fazer novas amizades, pois já que Jesus nos dá essa oportunidade de ter amigos, de poder usufruir desse sentimento tão puro, porque não aproveitar e fazer novas amizades? Podemos fazer novos amigos e ser muito abençoados por eles. Jesus nos dá essa oportunidade, então, faça novas amizades.
E não abandone seus amigos (Pv 27:10), pois assim como você precisa de amigos, os seus amigos precisam de você. Faça novas amizades e cultive-as.

Jesus tinha muitos amigos e um GRANDE amigo que podemos ler na bíblia em João 11, foi Lázaro. Lázaro e Jesus eram tão amigos (v.11), tão ligados pelo amor, carinho, que podemos ver que quando Lázaro morreu, Jesus chorou (v.35). Mas, porque Jesus chorou? Por que Lázaro era seu AMIGO, e os verdadeiros amigos são mais do que apenas amigos, são irmãos (Pv 18:24). Jesus sentiu falta de Lázaro, sentiu saudade de estar com ele, e os judeus que estavam no lugar onde Lázaro havia sido enterrado, exclamaram: “Vejam como Jesus o amava!” (v.36). Precisamos cultivar nossas amizades.

Jesus também é nosso amigo e Ele nos ama tanto, que deu Sua própria vida para nos salvar e podemos ter certeza que Jesus é o nosso MELHOR e VERDADEIRO amigo, pois em João 15:13 está escrito que “ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.” Precisamos cultivar nossa amizade com Jesus também! Ele nos ama e quer que nós também sejamos amigos Dele, e Ele é o nosso MELHOR AMIGO. Nós podemos confiar plenamente Nele, podemos contar segredos, receber conselhos (Pv 27:9) e o melhor é que Ele sempre estará disponível para nós em qualquer hora, em qualquer lugar! Só basta querer ser amigo de Deus e poder desfrutar dessa amizade que é ETERNA!!!

Você tem amigos?
Quantos verdadeiros amigos você tem?
Você conversa e passa tempo com todos os seus amigos?
Você se preocupa com eles?

Cultive suas amizades!
Faça novas amizades!
Não abandone seus amigos!
Seja amigo de Deus!

“Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como Eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. (João 13:34)
Este é o meu mandamento: Amem-se uns aos outros.” (João 15:17).

Que Jesus nos abençoe.
Stéphanie Elise.






sábado, 4 de junho de 2011

Aos músicos

Preguei a algumas semanas essa mensagem numa reunião da banda de adolescentes da minha igreja, da qual eu faço parte. Foi muito bom para mim escrever e estudar essa mensagem antes de pregá-la na reunião, pois fui muito tocada por Deus nesse ponto. Senti o desejo de escrever essa mensagem aqui no blog. Não somente para os músicos, mas, para todos nós. Que Deus toque no coração de cada um, assim como Ele tocou no meu.

 “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura, quem crer e for batizado será salvo” (Marcos 16:15-16)

“Eu te louvarei diante de todos os meus irmãos. Cantarei louvores a Ti quando o povo se reunir para te adorar” (Salmos 22:22 – Bília Viva)

“Louvem-No vocês que temem o Senhor” (Salmos 22:23a)

Nós participamos do congresso de missões mundiais na Igreja Batista Itacuruçá e no gf (grupo familiar) falamos sobre compartilhar a nossa fé com nossos amigos, vizinhos, pessoas próximas de nós. E isso ficou na minha mente. Fiquei pensando sobre compartilhar a minha fé no colégio, no curso, no meu prédio e as dificuldades que enfrentamos ao tentar falar do amor de Deus. No gf, no congresso, estávamos louvando a Deus, orando, ouvindo as pregações que foram maravilhosas. Mas, será que nós estamos colocando em prática tudo o que aprendemos?


Foi isso que mais tocou no meu coração: será que depois da empolgação das pregações, dos louvores, dos testemunhos, será que estou fazendo a minha parte, como Jesus ordenou que eu fizesse? “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura, quem quer e for batizado será salvo”. Esse é um mandamento de Deus, todos nós temos esse compromisso que precisamos cumprir. Precisamos falar de Jesus para as outras pessoas, porque se elas creem e forem batizadas serão salvas! Mas, se nós ficarmos calados? Quem irá falar para elas que existe um Deus que as ama acima de todas as coisas? Não podemos esperar, precisamos cumprir o que Jesus nos ordenou.

Para quem tem o dom da música: Jesus nos capacitou com esse dom e precisamos usá-lo para Sua honra e glória. Nós temos a responsabilidade de levar as pessoas a adorar ao Senhor e temos que fazer de todo o nosso coração. Além de louvarmos na igreja com nossos irmãos, podemos louvar com nossos amigos do colégio, do prédio, do curso, do futebol... Podemos levar essas pessoas a adorarem ao Senhor conosco, ensinando para elas a Palavra de Deus, pois as músicas também trazem uma mensagem para as nossas vidas. Essa é uma forma de compartilhar nossa fé através do nosso dom!
Não só o dom da música, como também o da fala, da escrita, do desenho, do ensino, e tantos outros. Precisamos usá-los para propagar o amor de Deus pelo mundo que é tão carente de amor, esperança, felicidade!

Não podemos perder tempo, precisamos falar de Jesus para as pessoas porque um dia alguém falou de Jesus para nós. Temos que falar do amor de Deus e da vida eterna ao lado de Jesus.

Que Deus possa nos ajudar sempre nessa tarefa!
Jesus nos abençoe.
Stéphanie Elise.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

A importância da Bíblia

No segundo domingo de dezembro, comemoramos o dia da Bíblia. A Palavra de Deus é extremamente necessária para o nosso crescimento espiritual. Não é um livro escrito por homens, mas sim pelo Espírito Santo que reinava na vida de determinadas pessoas.
No livro de João 1:1 lemos que Jesus é o verbo. O verbo indica ação, ou seja, Jesus é a palavra em ação.
A Bíblia
é a palavra de Deus nos mostrando como agir. Podemos dizer que é o nosso manual de vida. Nela encontramos respostas para as nossas perguntas, sabedoria, conhecimento, palavra de conforto e ânimo ao cansado e muito mais. 
É um livro completamente diferente dos outros!!!! Em um único versículo, encontraremos muitas lições de Deus para a nossa vida. Vejamos, por exemplo, Hebreus 4:12: “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.”
Esse versículo é importante para a nossa vida, pois ele nos mostra que é necessário conhecermos a palavra de Deus e tê-la sempre em nossa mente. Ela é consolo, força e nos mostrará como agir em toda e qualquer situação. Lembrem-se de que o versículo diz que Ela é viva e eficaz. 


“É mais cortante que uma espada de dois gumes...”.
O que significa isso? Efésio 6:17 diz: Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a PALAVRA DE DEUS;

Esse versículo diz que a Bíblia é a nossa espada!!!! Significa dizer que ela não é apenas uma arma de defesa, mas também de ataque. É com a palavra de Deus que nos defendemos das ciladas do inimigo e atacamos também!

É a espada da nossa vida, nas lutas espirituais. Por Ela, somos fortalecidos nas lutas e encontramos ajuda para nos defender, pois nos fornecerá os versículos necessários que nos mostrarão como agir.  Sem a Bíblia, a palavra de Deus, somos fracos e não temos como vencer.

Vamos refletir na segunda parte do versículo: “(...)e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração”. Ela penetra na divisão da alma e discerne os nossos pensamentos. 

A palavra de Deus penetra em nós nos fazendo acreditar, obedecer, quebrantando o nosso coração. Tem capacidade para nos fazer cair em si e ver o que estamos fazendo. Tem capacidade para nos quebrantar e nos fazer mudar. Ela é viva, é eficaz. Jesus Cristo vive e é a Palavra!


Precisamos ler a Bíblia! Se não lermos a Sua palavra, como poderemos dizer que seguimos a Deus? Para segui-lo é necessário saber quem Ele é!
Como seguirei alguém que não conheço ou não tenho intimidade? “ (...) e as ovelhas ouvem a sua voz; e ele chama pelo nome as suas ovelhas,(...)”. João 10:3. Para seguir Jesus, é preciso conhecê-lo através da Bíblia. Para pregar o evangelho, precisamos da Bíblia. Para responder a perguntas de amigos não crentes, precisamos da Bíblia.


As escrituras sagradas são dividas em duas partes: antes e depois de Cristo. Em todas as passagens, poderemos tirar lições para as nossas vidas e grandes revelações da grandeza e do poder de Deus. 



Pois a palavra de Deus é uma revelação de poder, glória, da soberania de Deus. O seu grande amor por nós também é revelado na Sua palavra. Não só porque nos mostra grande preocupação para conosco, orientando-nos para que não tropecemos, mas também pelo fato de que todos os acontecimentos geram em torno de Jesus Cristo e o Seu sacrifico por nós que nos dá vida eterna.

Escrito por: Juliana Ujakova

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Pela fé

(Hebreus 11)

A fé, como diz no versículo 1 do capítulo 11 de Hebreus, é a certeza daquilo que esperamos e é a prova das coisas que não vemos.
Neste capítulo do livro de Hebreus, encontramos vários exemplos de fé retirados do antigo testamento.
Deus tinha promessas feitas a cada um dos personagens citados no capítulo. Eles obedeceram a Deus, tendo fé de que a promessa feita seria cumprida. Eles tinham certeza daquilo que esperavam e por isso, pela fé, passaram por diversas situações com o objetivo de fazer a vontade de Deus e segui-Lo independentemente do que iria acontecer com cada um deles. Confiaram em Deus!
Deus tem o melhor para nós, só basta termos fé e confiar em Deus, como os personagens do capítulo.

Oração: orar para que possamos a cada dia ter mais fé em Deus, para fazermos a Sua vontade e confiar mais em Jesus, reconhecendo que Ele tem o melhor para nós.

Jesus nos abençoe.

Stéphanie Elise. 






Tradução:


Walk by Faith - Jeremy Camp

(Andar pela fé)
Eu acreditarei quando você disser
Que sua mão me guiará em todos os meus caminhos
Receberei as suas palavras quando você diz
Todos os momentos e todos os dias

Eu andarei pela fé
Mesmo quando eu não puder ver
Bem, porque esta estrada quebrada
Prepara a sua vontade para mim

Ajuda-me a vencer meus infinitos temores
Você tem sido fiel todos os meus anos
Com um respirar você me faz novo
Sua graça cobre tudo o que eu faço

Bem, eu estou quebrado, mas eu ainda vejo seu rosto
Bem que você falou, derramando suas palavras de graça

Aleluia, aleluia (Eu andarei pela fé)
Aleluia, aleluia (Eu andarei pela fé)

Eu andarei, Eu andarei, Eu andarei pela fé

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Não há maior amor


O nosso Deus é Soberano, Eterno, Salvador, não se molda nos nossos padrões; Ele é onipotente.
Nós precisamos conhecê-lo e entregar nossa vida nas mãos Dele, para que Ele nos molde conforme Sua vontade...
Nós podemos sim ter nossos deuses na terra, pois Deus nos deu o livre arbítrio, porém, Ele é o nosso criador e quer que nós o reconheçamos como o único Senhor e Salvador de nossas vidas. Portanto, não precisamos de nenhum outro deus que não seja o Senhor Jesus.  


Deus é o único sobre todo o universo. Ele criou tudo o que existe e criou também cada um de nós à sua semelhança. Só precisamos reconhecer o que Ele fez por nós: morreu na cruz pelos nossos pecados e não se arrependeu, pois Ele nos ama incondicionalmente e quer ter um relacionamento profundo com cada um de nós.
Reconheça esse Deus maravilhoso que te ama tanto que deu seu filho JESUS para te salvar. Deus nos ama incondicionalmente e a maior prova de amor que pode existir na face da terra foi a de Jesus por todos nós. Ele não quis simplesmente dizer, da boca pra fora, que nos ama, dizer apenas com palavras, mas, desceu dos céus, tomou forma humana como nós: comeu, dormiu, sofreu, se alegrou, ... Jesus agiu! Morreu por mim, morreu por você, morreu por todos nós. Não há maior amor do que esse. Ninguém tem maior amor por nós do que Jesus. Só Ele foi capaz de sofrer como sofreu para nos provar o seu amor. “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.” João 15:13. Jesus é o melhor amigo que podemos ter. 

Entregue sua vida à Ele, ore assim:

“Senhor, quero entregar minha vida à Ti, pois sei que o Senhor é o único Deus sobre toda a terra. Reconheço Seu amor por mim e quero ter um relacionamento profundo contigo e uma vida eterna ao Teu lado. Entra no meu coração e molde minha vida conforme a Tua vontade. Em nome de Jesus. Amém!”

Que Jesus continue sendo o nosso único e suficiente Salvador.
Jesus nos abençoe.
Stéphanie Elise.


quinta-feira, 28 de abril de 2011

Somos todos missionários

Todos nós somos missionários para pregar a palavra de Deus a todas as pessoas! Jesus disse que devemos ir por todo o mundo e pregar o evangelho a toda criatura, pois assim, elas poderão ouvir do amor de Jesus e serem salvas. (Marcos 16:15-16).
Nós temos esse mandamento de Jesus para ser cumprido. Somos seus servos e precisamos obedecer às suas ordens.
Alguns dos nossos adolescentes da UAI (união de adolescentes da Itacuruçá) foram esse ano de 2011 à Barreiras, na Bahia, pregar o evangelho para crianças e adolescentes de um lar batista. Todos foram muito abençoados, tanto os adolescentes daqui da UAI quanto os do lar batista. Os testemunhos desse vídeo irão nos mostrar como o amor de Jesus alcançou todos os envolvidos nessa viagem missionária.
Queremos, por meio desse vídeo e dos testemunhos, incentivar a todos a continuar pregando a palavra e o amor de Deus a todas as pessoas.
Precisamos cumprir o que Jesus nos ordenou.
Que Deus continue nos capacitando para fazermos a Sua obra, onde quer que nós estejamos.

Stéphanie Elise

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Deus falou através de um sonho



"Jesus disse: 'Batiza-me, por favor, porque Eu devo fazer tudo o que é certo'. Então João o batizou" (Mateus 3:15). 
O batismo é um símbolo em que por meio dele mostramos que somos seguidores de Jesus e que o amamos, pois Ele disse que quem crer e for batizado será salvo (Marcos 16:16). Jesus, no evangelho de Mateus pede à João que o batize como exemplo, para que nós soubéssemos como era, pois Jesus é Deus e não precisa ser batizado, porém nós, seres humanos, que somos imperfeitos mostramos através do batismo que encontramos uma vida nova em Jesus Cristo e que por isso, quando deitamos nas águas simbolizamos que aquela pessoa, aquela vida que levávamos acabou e quando levantamos novamente, vivemos de novo, somos uma nova pessoa, que agora tem Jesus no coração. O batismo é um símbolo de amor à Deus. 
(Stéphanie Elise)




Eu era católica, mas não era frequentadora de nenhuma igreja.
Passei a frequentar, com meu marido e filhos, uma igreja evangélica e comecei a participar da escola dominical e de cultos na Igreja Batista Itacuruçá - Tijuca – Rio de Janeiro, desde, mais ou menos abril de 2008. 
Minha filha Stéphanie batizou-se em outubro de 2009.
Além de outros fatos que ocorreram em minha vida, Deus tem me tocado fortemente e comecei a pensar, há alguns meses, em batizar-me.
Fiquei, entretanto, algumas vezes, pensativa e não muito segura deste passo.
No dia 28/11/09 fomos a uma festa de aniversário de uma sobrinha.
Na volta para casa, ao deitar-me inclui em minha oração um pedido especial a Deus: falei com Ele de minha vontade em batizar-me; pedi a Ele uma confirmação sobre essa minha decisão; pedi que Ele me falasse de alguma forma.
Nesta noite sonhei com a mesma festa de aniversário que tinha ido: chegando à festa, encontrei uma irmã da igreja de nome Yone (esposa do pastor Alcenir que ministra o discipulado de adultos). Fiquei surpresa em vê-la; ela estava ministrando o discipulado também. Falei com ela sobre minha intenção de batizar-me; ficou muito feliz com a minha decisão. Falei com ela, então, que faria o discipulado com ela, mas ela disse-me que estava com a classe de crianças e recomendou-me fazer com o pastor Alcenir.
Não tenho dúvidas que Deus me respondeu através desse sonho.
Entrei, então, imediatamente, na classe de discipulado iniciando minha preparação e hoje sou batizada e vivo muito feliz ao lado de Jesus.

Fevereiro de 2010.

Kátia Maria 

domingo, 10 de abril de 2011

OS QUATRO ELEMENTOS DA COMUNHÃO

1)   Relacionamento de amor com Deus
2)   Submissão ao domínio de Deus
3)   Encontro pessoal com o Cristo vivo
4)   Confiança completa em Deus



1)   Relacionamento de amor com Deus
Relacionamento de amor ocorre quando nos relacionamos com alguém que amamos.  Esse relacionamento pode e deve ser feito com o nosso Deus. Ele é construído quando lemos a Bíblia, oramos, louvamos ao Senhor. Deus quer se relacionar conosco. Ele quer que o conheçamos. O exemplo de Adão e Eva, que conversavam com Deus todo o final do dia, face a face, mostra-nos que o próprio Deus está interessado nesse relacionamento.
Devemos também fazer uma avaliação e verificar se Deus está em 1° lugar na nossa vida. Existe algo que nos afasta de Deus, que nos impede de ter esse relacionamento? Antes, então, é necessário fazer alguns ajustes e orarmos, para que esse relacionamento flua perfeitamente.

2)   Submissão ao domínio de Deus
A submissão à Deus é algo muito importante na vida de um verdadeiro seguidor. Para obedecer à Deus, temos que estar submissos a sua vontade.
Um versículo que nos mostra essa submissão: “Aquele que tem os meus mandamentos e o guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me MANIFESTAREI a ele. (João 14:21).
Uma história bíblica que nos fala sobre sermos submissos, é a história de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. Caso eles não se curvassem à estátua, o rei os jogaria na fornalha ardente. Os três jovens, então, dizem que independentemente de Deus os salvar ou não, eles não se curvariam e nem adorariam outro Deus, que não fosse o Deus que criou os céus e a terra.

3)   Encontro pessoal com o Cristo vivo
Não importa o que houver, temos que estar submissos a Deus. Essa submissão nos levará a um encontro mais íntimo com Cristo. Nesse encontro, nós veremos Cristo atuando no nosso dia a dia, ajudando a vencer as batalhas, manifestando o seu poder real, enfim, realizando a obra que Ele tem para realizar na nossa vida. É o que nos fala o versículo de João 14:21 no final: “(...) e Eu me manifestarei a ele”. Também, na história de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, vemos a atuação de Deus, livrando os três da fornalha ardente.

4)   Confiança completa em Deus
Confiar sempre em Deus. Lembre-se do que diz a Bíblia sagrada: sem fé é impossível agradar a Deus. Não podemos confiar em outra coisa ou pessoa. Somente em Deus, somente no seu poder. Deus é grande!
Muitas pessoas se apóiam em deuses falsos ou em coisas que são infinitamente menos poderosas que o nosso Deus. O nosso Deus não falha.
Um grande exemplo de confiança foi a história de Davi. Ao enfrentar o gigante Golias, disse: “Você vem contra mim, com espada, lança e escudo, mas eu venho contra você no nome do Senhor dos Exércitos." Essa era a confiança de Davi, não nas armas mas, em Deus. Assim que nós devemos ser: confiarmos somente em Jesus.

Escrito por: Juliana Ujakova

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Cansado???

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e meu fardo é leve." Mateus 11:28



Você está cansado? Está quase desistindo? Olhe para Deus.
É melhor dormir e deixar Jesus cantar para você uma canção de ninar.

Você pode ter se cansado de Deus. Pode achar que os mandamentos Dele são muito difíceis e que você não consegue assimilá-los. Porém, não se esqueça de que o nosso Deus é um Deus de graça e que Ele nunca desiste de você, mesmo que você tenha escolhido esquecê-LO.  Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti. Isaías 49:15

Talvez você tenha se cansado de Deus porque existem dúvidas em sua cabeça. Mas a palavra de Deus diz que "mensagem da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus". I Co. 1.18”. Esqueça as dúvidas, há coisas que só acontecem para nos confundir. Existem situações que talvez nunca entenderemos. Porém, creia em Deus. Tão somente creia Nele e medite em sua palavra, isso lhe dará forças para superar qualquer confusão em sua mente. “Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento.” Provérbios 3:5.

As batalhas também podem deixar uma pessoa cansada. Lutas nos desgastam, e na maioria das vezes nos fazem pensar que estamos regredindo e que somos fracos. Mas a palavra de Deus diz, em 2 Coríntios 12:10, Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte". Você  depende totalmente de Deus. Por isso, não lute sozinho, mas deixe Deus lutar com você. “Não temas, os que estão conosco são mais numerosos do que os que estão com eles”. (II Reis 6:16)

O cansaço também pode aparecer devido às lutas no seu ministério. Insatisfação das pessoas, reclamações de outras, mas, lembre-se de que o trabalho é para Deus e não há nada melhor do que trabalhar para Deus. “E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens.” Colossenses 3:23

Entregue  a Deus o seu cansaço, as dúvidas, as lutas e descanse Nele. Diga-Lhe que está cansado. Peça  a Deus que renove as suas forças, ajude-lhe a descansar e esperar a providência  Dele. Firme-se na Palavra de Deus, pois ela te dará forças para vencer.
"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão" Isaías 40;31

Juliana Ujakova