segunda-feira, 26 de junho de 2017

Meio Ambiente: criação de Deus, também

Gênesis 1 e 2:1-4

A criação do mundo foi algo importante para Deus.

“E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas.” Gênesis 1:4
“E para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom.” Gênesis 1:18

Nós, humanos, por sermos criados à imagem e semelhança de Deus não somos tão mais importantes do que os outros seres vivos e não vivos, também.  Cada ser vivo e ser abiótico criado por Deus tem sua importância e espaço no coração Dele.

“E Deus criou as grandes baleias, e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas espécies; e toda a ave de asas conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. E Deus os abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas nos mares; e as aves se multipliquem na terra.” Gênesis 1:21,22

Todos os problemas ambientais, enchentes, devastações de florestas, queimadas, caça, dentre tantos outros são acontecimentos que devemos nos preocupar. Deus nos deu a ordem de sermos responsáveis por sua criação e isso requer amor por cada pedacinho de tudo que existe:

“O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo.” Gênesis 2:15
“Depois que formou da terra todos os animais do campo e todas as aves do céu, o Senhor Deus os trouxe ao homem para ver como este lhes chamaria; e o nome que o homem desse a cada ser vivo, esse seria o seu nome.” Gênesis 2:19

Não estamos nos preocupando fortemente com a água, o bem mais precioso criado por Deus, que pode ser comparado ao sopro da vida.

“E chamou Deus à porção seca Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares; e viu Deus que era bom.” Gênesis 1:10

Sem água, não há possibilidade dos seres vivos continuarem vivos. Não estamos prestando atenção às florestas. Muitas delas, hoje, são reflorestamentos, não são naturais do local. Não estamos nos preocupando em preservar o que é natural, o que Deus criou para estar naquele espaço. Muitas vezes replantamos árvores que não são nativas e isso é prejudicial, mas a aparência de que existem plantas prevalece e nos esquecemos de que tudo tem seu equilíbrio e que Deus pensou nisso tudo para funcionar da melhor maneira possível.  Estamos deixando de lado nossas plantas e todos os ecossistemas que foram formados e evoluíram durante tantos bilhões de anos. Deixamos de prestar atenção a partir do momento que o pecado passou a habitar os corações humanos. O pecado nos afasta de Deus e essa distância nos tira o foco do essencial, do cuidar, do amar a criação, pois fazemos parte dela, mas não a tratamos como parte desse conjunto.

“E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.” Gênesis 1:12

Li num livro de biologia um texto sobre explosão demográfica. Segundo alguns estudiosos dessa área, a quantidade cada vez maior de seres humanos é um dos principais fatores que estão prejudicando o meio ambiente e uma das soluções apontadas seria o planejamento familiar. Fiquei pensando sobre família. Deus diz em sua palavra que o homem e a mulher se tornariam uma só carne e que formariam um novo lar.

“Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.” Gênesis 2:24

Hoje, família, casamento, sexo só depois do casamento, tornaram-se obsoletos. Bom, se pararmos pra pensar nisso, todos esses cuidados: relacionamento com uma pessoa fixa, cuidado nas relações sexuais, prevenção do sexo para depois do casamento, quando já se tem uma relação mais estável, são fatores que ajudariam a controlar a quantidade de pessoas povoando a Terra. Com isso, vemos que tudo o que precisamos para viver está na palavra de Deus. Ele criou todas as coisas e as amarrou de tal forma que tudo funciona perfeitamente. Contudo, nós estamos, muitas vezes, afastados da palavra Dele e não conhecemos e aplicamos Seus ensinamentos.  Ficamos focados em ensinar pontos bíblicos mais falados e não aprendemos e repassamos pontos mais “escondidos”, entendimentos que precisam ser interpretados por nós, para que possamos viver melhor nesse mundo que Deus criou e nos deu essa tarefa de cuidar.

Em 2011 a população mundial já era de 7.000.000.000 de pessoas. E em 2013 foi divulgado que 1 em cada 8 pessoas passam fome. Deus forneceu muita terra. Aprendemos a plantar, a fazer agricultura de subsistência, depois a tecnologia foi evoluindo e, hoje, temos máquinas que fazem o trabalho humano, o que possibilitou o alcance do comércio mundial de alimentos, também. Contudo, quem consegue comprar é quem tem dinheiro, condições financeiras favoráveis. As pessoas mais pobres continuam famintas. Deus nos deu terras e estamos especulando, usando agrotóxicos, inviabilizando o uso de muitas delas e deixando semelhantes passarem fome. Será que Deus está satisfeito com essa situação?

“E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento. E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi.” Gênesis 1:28-30

Outra coisa que se fala muito e não se faz quase nada é sobre o aquecimento global. Ele é real? Não sabemos ao certo porque existem estudiosos que dizem que é apenas uma fase natural da Terra, que se aquece de tempos em tempos, enquanto outros dizem que o aquecimento é real, mas não custaria nada agirmos em prol do meio ambiente, ao qual fazemos parte. O uso de termelétrica, que utiliza o carvão e o petróleo como fonte, é muito poluente, pois libera gases como o dióxido de carbono (gás carbônico) que agrava o efeito estufa. Esse efeito (estufa) foi criado por Deus para permitir nossa vida, sem ele, não teríamos uma temperatura ideal na Terra e morreríamos assim que variasse um pouco. O que estamos fazendo é agravando esse processo natural, assim, as temperaturas sobem mais, trazendo vários prejuízos. Porque não usamos a energia solar? Uma das justificativas: é cara. O ser humano está se preocupando mais com o lucro/prejuízo que vai ter do que com a preservação da sua vida.

Estamos destruindo o nosso planeta – essa é a verdade – e não era esse o plano de Deus. A iniciativa era cuidarmos dessa terra, dos animais, das plantas, dos nossos semelhantes como cuidamos de nós mesmos, com amor, cuidado, atenção, para que tudo continuasse funcionando e trabalhando perfeitamente, assim como quando foi criado. Portanto, sejamos mais cuidadosos, amemos mais os animais e as plantas, cuidemos melhor dos rios, lagos, mares, temperatura, ...
Com cada um fazendo um pouco, ajudaremos a criação de Deus.

“O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo.” Gênesis 2:15


Stéphanie Elise

Nenhum comentário:

Postar um comentário